Bairro Craveiro Lopes - Oficial WebsiteBAIRRO.CV


pesquisar
Home Associação Sócios Comunidade Futebol Basquetebol Notícias Vídeos Galeria de Fotos Contactos
Home > Basquetebol - Historial

Basquetebol

» Historial
Bairro, uma equipa vencedora!

A equipa de basquetebol do Bairro Craveiro Lopes foi fundada no período pós independência nacional, em 1975, quase que espontaneamente, e com apoio de alguns activistas desportivos como Vavá Duarte e Rui Atanásio. Um grupo de jovens, ainda na idade de frequentar os estudos liceais, desafiaria a norma da prática do basquetebol apenas confinado ao meio académico liceal e trazê-lo para os bairros e comunidades onde a sua prática poderia ser massificada, e, naturalmente, ter consequências vantajosas para a modalidade.

Motivados e impulsionados pela tenra idade da mocidade, a vontade de querer-se afirmar e com ajuda de alguns menos cépticos, esse punhado de jovens, duas vezes por dia, faziam-se aos treinos sempre almejando aprender cada vez mais. De entre os jogadores fundadores da equipa do Bairro, que teve como primeiro treinador Frankin Palma, actual Presidente do Comité Olímpico Cabo-verdiano, figuram: Zé Babá, Jomas, Tufo, Mache, Djinho Julieta, Tchica, Zutai, Zé Sapatinha, Porfírio, Biria. Posteriormente uma nova geração de jogadores integrada por Bana, Otis, Mário Chinó, Beto, Mocho, de entre outros, vieram a consolidar essa trajectória vitoriosa.

Mário Chinó - Ginásio do Liceu Domingos Ramos

Os primeiros meses foram, na verdade, dolorosos, porém, mais tarde, revelaram-se frutuosos, na medida em que foram as derrotas iniciais que levaram à formação uma grande equipa. E aqui, prestando homenagem a um adágio universal, citamos “… não interessa quantas vezes caímos, mas sim quando vezes nos levantamos…”.

O crescimento foi de tal forma, que para além de ser uma mera equipa de basquetebol, a equipa de basquetebol do Bairro passou a ser um motivo de orgulho dos seus moradores e um modelo a seguir pelos mais novos. Esse role model veio, mais tarde, a ser determinante na formação de outras equipas na cidade da Praia, e, pode-se dizer em abono da verdade, que o basquetebol na Praia que se confinava apenas ao meio académico liceal passou a ser uma modalidade desportiva preferida por várias outras comunidades.

Por outro lado, o basquetebol do Bairro foi um instrumento impulsionador para o surgimento de outras modalidades desportivas no Bairro, como por exemplo o andebol, e, mais tarde, levou à criação da associação desportiva, hoje englobando o futebol e a prática de basquetebol em vários escalões e géneros.

Ainda é de realçar que a equipa de basquetebol do Bairro não só cativou os moradores locais, como também era objecto de entretenimento de milhares outros residentes da Cidade da Praia que não deixaram de estar presente em cada jogo que o Bairro participava talvez para não perder uma boa exibição desportiva que essa equipa sempre oferecia.

Por último, a vida do basquetebol do Bairro é um exemplo bastante elucidativo da contribuição e dedicação de muitos, cada um a seu tempo, mantendo sempre acesa a chama da união e esperança, a chama de desafiar e vencer os obstáculos. Esses últimos trinta e quatro anos são o testemunho desse abnegado e desinteressado contributo de todos, que permitiu que o Bairro seja, hoje, a mais antiga equipa em actividade do basquetebol nacional e a que melhores atletas formou para a selecção nacional, de entre os quais se destacam João Paulo, Aquilies e Marito.

Bem-haja a equipa de basquetebol do Bairro Craveiro Lopes!




Maruis Produções
publicidade